Maca Maca

Maca, a raiz nutritiva

Reza a lenda, que durante o império Inca, o exército incluía raiz de maca na sua alimentação antes de ir para as batalhas, o que tornava os soldados extremamente viris. Além disso, os guerreiros que se destacassem em combate recebiam maca como prémio pelos seus feitos heróicos.

 

A maca (lepidium meyenii) é uma planta da família das crucíferas e a sua raiz assemelha-se a uma cabeça de nabo, medindo entre 4 a 7 centímetros de diâmetro e podendo apresentar tonalidades desde o amarelo claro até ao castanho escuro. Cresce nos Andes peruanos a mais de 3.500 metros de altitude, suportando temperaturas que variam entre 20 graus positivos e 25 graus negativos, sendo por isso considerada uma planta adaptogénica.

A raiz de maca já era utilizada pelos Incas, para tonificar o organismo e atenuar a fome das populações isoladas, chegando a representar 2/3 da sua alimentação.

taça de macaA maca, também popularmente conhecida como ginseng peruano, é um alimento rico em hidratos de carbono, proteínas e fibras. Possui também ácidos gordos essenciais, vitaminas do complexo B, vitamina C, cálcio, magnésio, fósforo, ferro e potássio.

O valor nutritivo da maca é considerado tão valioso que, durante a colonialização do Peru, o alimento era usado como moeda de troca e servia também de oferenda aos deuses.

Devido à sua riqueza nutricional é recomendada para estados que beneficiam de energia e nutrientes extra, como má nutrição, cansaço, fadiga, fraqueza ou falta de concentração. É, por isso muito útil sobretudo para estudantes, idosos e desportistas. O uso da maca peruana atua como um tónico revigorante para o organismo em geral, fortalecendo o sistema imunitário.

De acordo com as crenças populares, a maca é ainda um afrodisíaco, sendo, por isso, também conhecida por Viagra dos Andes. A população Inca usava a maca pela sua acção estimulante da fertilidade e do desempenho sexual. Destacavam os seus benefícios para a menopausa, amamentação, problemas relacionados alterações no ciclo menstrual, problemas de fertilidade e potência sexual.

Alguns estudos[1] sobre o uso de maca têm vindo a comprovar que esse alimento pode promover o aumento da mobilidade dos espermatozóides, do volume de sémen e o aumento do desejo sexual em seres humanos. A maca parece ter ainda efeitos favoráveis sobre o humor e pode diminuir a ansiedade.

Também um estudo de 2009, de Mark Stone e outros [2], investigou os efeitos da maca na performance física e sexual de atletas. Este estudo conclui que após a suplementação com maca durante 14 dias, um grupo de ciclistas obtinha melhores resultados.A maca é usada há séculos pelos peruanos como parte da sua alimentação diária; é um alimento, não um suplemento e como tal é extremamente segura.

Na Europa, temos sobretudo acesso a este alimento em forma de pó ou farinha, uma vez que a raiz de maca é desidratada e moída.

É muito fácil usar a maca em pó no seu dia-a-dia: pode misturá-la em massas de pão ou bolos; juntar 2-3 colheres na sopa, batidos de fruta, molhos, iogurtes ou cereais de pequeno-almoço. Pode ainda polvilhar a maca por cima de arroz, massa ou outros alimentos.

[1] http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20090350

[2] http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19781622

 



Inserido em: 2013.04.11 Última actualização: 2013.05.31

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Autores > Redatores > Cristina Rodrigues
Outros alimentos